Voltar

A Diferença que Faz Toda Diferença

janeiro 2024

Em 2007, Corrado Varoli, um banqueiro de investimentos ítalo-canadense que à época somava mais de 20 anos de experiência liderando alguns dos principais bancos de Wall Street na América Latina, anunciou sua decisão de se mudar para São Paulo e fundar sua própria empresa de assessoria financeira: a G5 Partners.

Corrado possuía relacionamento próximo com algumas das principais empresas e grupos familiares do Brasil, fruto dos vários anos de atuação local em transações de fusões, aquisições e restruturações financeiras. Mesmo assim, a notícia da sua mudança para o país para atuar de forma independente causou grande interesse na comunidade financeira local e reforçou a percepção de que o Brasil, enfim, se tornaria um dos mercados financeiros mais dinâmicos e atraentes do planeta.

Mas a maior surpresa ficaria mesmo por conta da escolha feita por Corrado das pessoas com as quais dividiria essa empreitada: Renato Klarnet e Marcelo Lajchter. Num mercado ainda acostumado às butiques de assessoria financeira mono-produto e gestoras de recursos ultra especializadas, o lugar comum seria que Corrado tivesse procurado se associar a outros banqueiros de investimento que, como ele, fossem especialistas em fusões e aquisições. Mas não era isso o que ele tinha em mente. Corrado tinha uma visão diferente para a G5 e por isso se dedicaria com muita atenção na escolha dos seus futuros sócios.

Renato Klarnet, um economista graduado pela PUC do Rio de Janeiro, à época da criação da G5 acumulava 15 anos de experiência atuando, a partir de Nova Iorque, como responsável pelas mesas de renda variável de bancos como Morgan Stanley e Goldman Sachs. Em ambos lugares, Renato havia trabalhado com o Corrado, que reconhecia nele a rara combinação de excelência técnica com bom senso de negócios e habilidade no trato com as pessoas. 

Marcelo Lajchter, advogado formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, atuava há diversos anos como sócio de um dos mais renomados escritórios especializados em direito societário do país: Barbosa, Müssnich & Aragão. Por lá, esse carioca convicto e de personalidade extrovertida tinha desenvolvido uma sólida reputação atuando em complexas situações de restruturação financeira, muitas vezes em parceria com a Goldman Sachs de Varoli.

Mas a associação entre um engenheiro white-shoe-banker, um economista especializado nos mercados de capitais e um advogado com vocação para resgatar empresários do naufrágio só começaria a fazer sentido para o mercado quando Corrado, Renato e Marcelo começaram a executar a estratégia vislumbrada para a G5 Partners. O primeiro passo dado foi atrair novos talentos para o time. Mais uma vez, a lógica usada foi a de fortalecer a G5 com pessoas que aportassem competências e experiências profissionais complementares às dos sócios fundadores. Em comum, essas pessoas deveriam apenas compartilhar dos mesmos valores e princípios éticos de trabalho preconizados pelos três.

Ainda hoje, na G5, as “diferenças” não são apenas valorizadas, mas, principalmente, potencializadas. Em grande medida, esse é o seu maior diferencial competitivo. E foi assim que a G5 viu chegar Francisco Gros, — com sua vasta experiência nos setores público e privado nacional, — e André Benchimol, — um especialista em gestão de patrimônio que há tempos se especializara no atendimento a grupos familiares brasileiros, para completar o mosaico societário da G5, ou o “Grupo dos 5”. 

Diferentemente do que ocorre com butiques financeiras que se valem de uma estratégia mono-produto, o propósito da G5 é estar preparada para endereçar todas as prioridades de seus clientes, sejam eles empresários, executivos, conselheiros de administração, investidores ou líderes familiares. Para que isso seja possível, todos os seus profissionais são estimulados a ir além das suas áreas de especialização, buscando constantemente desenvolver conhecimento sobre outros temas de interesse relevante.

Além disso, o fato da G5 Partners atuar de forma totalmente independente permite que ela adote uma abordagem de trabalho livre dos conflitos de interesses comuns às instituições bancárias diversificadas e de grande porte.

A regra de ouro da empresa continua sendo a mesma desde a sua criação: qualquer novo relacionamento começa buscando identificar a prioridade ou problema imediato que o cliente precisa endereçar. Na G5, é o cliente quem estabelece a agenda de trabalho e não a conveniência do seu assessor. A partir daí, a dedicação, a competência e o comprometimento com o sucesso do cliente conspiram num em um ciclo virtuoso para perenizar e fazer crescer cada relacionamento.

A G5 Partners agora conta com um time de mais de 80 profissionais “multifacetados” que atendem a um universo cada vez mais diversificado de clientes, composto por companhias locais e multinacionais, além de empresas de controle familiar e investidores de forma geral. Da mesma forma, a empresa tem se notabilizado por atuar com sucesso nas mais variadas e complexas situações, sempre de forma alinhada e no melhor interesse de seus clientes. 

Passados doze anos desde que Varoli, Lajchter e Klarnet decidiram empreender para criar a G5 Partners, a empresa cresceu e se diversificou. Em particular, no negócio de assessoria em M&A e restruturações financeira, esse desenvolvimento levou a empresa a se consolidar como assessor independente líder no mercado brasileiro ao longo dos últimos quatro anos. Seja pela sua atuação em transações de fusões, aquisições ou de restruturação financeira, na preparação de empresas para IPO, na estruturação de produtos financeiros inovadores ou na gestão dos mais de R$ 15 bilhões de recursos de terceiros, a G5 é hoje a butique de serviços financeiros independente mais completa, admirada e respeitada no Brasil.

Como se vê, a cultura de valorização das diferenças tem feito toda a diferença. E isso é só o começo. 

Copyright © G5 Partners – Além dos Resultados – Todos os direitos reservados – Política de Privacidade. LEN comunicação e branding